x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

09 h 27

Quinta-feira, 18 Dezembro 2014

CONHEÇA

ÓCULOS


AS PARTES DOS ÓCULOS E SUAS FUNÇÕES

Desde a sua invenção, os óculos evoluíram muito: enquanto, no passado às pessoas que tinham o privilégio de possuí-los davam-se por satisfeita com o "milagre" de ter a visão melhorada, hoje os pacientes que precisam de uma correção visual são mais exigentes. Atualmente, para que os óculos tenham uma boa aceitação, precisam mais que simplesmente corrigir uma ametropia. Eles precisam ser confortáveis e estar em harmonia com o rosto e o estilo de vida das diferentes pessoas, pois estas, além de se preocuparem em ter uma boa visão, estão interessadas também em como serão vistas. Isto reflete bem o papel que os óculos vêm assumindo nos últimos anos. Além de proporcionar uma melhor visão, eles passam a ser também um item de moda, o que vem ajudar na boa aceitação e adaptação destes, principalmente por parte dos novos usuários.

Inicialmente, os óculos podem ser divididos em duas partes: 1 par de lentes oftálmicas e armação.

As lentes oftálmicas podem ser classificadas:

Por seu material de fabricação:
  • Inorgânica (mineral) - vidro;
  • Orgânica - resina plástica.
Por seu valor dióptrico:
  • Lentes convergentes ou positivas (+);
  • Lentes divergentes ou negativas (-).
Por seu foco:
  • Lentes monofocais - um só campo de visão;
  • Lentes bifocais - dois campos de visão;
  • Lentes trifocais - três campos de visão;
  • Lentes multifocais ou progressivas - vários campos de visão As lentes podem ser ainda: esféricas / asféricas (miopia e hipermetropia) e cilíndricas (astigmatismo).

A armação de óculos, que pode ser de acetato ou metal, tem a função de sustentar e posicionar as lentes oftálmicas diante dos olhos da maneira mais confortável possível. Para que se consiga isso, é necessário que cada parte dos óculos cumpra sua função individual. Quais são as partes dos óculos e quais suas funções?

Basicamente, os óculos podem ser divididos em:

Aro:
onde as lentes oftálmicas são encaixadas depois de devidamente cortadas e lapidadas;
Ponte:
parte que une os dois aros e, nas armações de acetato, serve também para apoiar os óculos sobre o nariz;
Plaquetas:
normalmente são encontradas nas armações de metal e têm a função de apoiar a armação sobre o nariz. As armações que possuem plaquetas permitem um melhor ajuste e posicionamento dos óculos;
Hastes:
servem para apoiar e prender os óculos nas orelhas;
Charneiras:
unem os aros às hastes;
Ponteiras:
extremidades das hastes que servem para apoiar e prender a armação nas orelhas. Nas armações de metal as ponteiras, normalmente, são revestidas de plástico.

O que deve ser ajustado nos óculos e quando?

O ideal é que os óculos sejam pré-ajustados, na óptica e pelo óptico, assim que a armação for escolhida e antes que sejam encaminhados ao laboratório para a montagem das lentes. Depois de prontos, devem ser feitos os ajustes finais. Toda lente oftálmica possui uma curva base para que à distância vértice seja aproximadamente a mesma em qualquer direção que o olho vire. Os ajustes dos óculos devem ser feitos em função disto.

Então, os óculos precisam ter os seguintes ajustes:

  1. A curvatura da armação deve seguir a curvatura facial no sentido horizontal;
  2. Na vertical a armação deve ter uma inclinação de aproximadamente 12 graus, chamada Inclinação Pantoscópica, ou seja, as bordas inferiores da armação ficam mais próximas do rosto do que as superiores;
  3. Quando a armação possuir plaquetas, estas devem ser ajustadas de modo que fiquem totalmente apoiadas sobre o septo nasal, levando em conta a altura da armação em relação ao centro da pupila;
  4. As hastes, devem ter uma abertura perfeita de maneira que não apertem as frontes e nem fiquem largas, causando a sensação de que os óculos estão largos;
  5. Finalmente, as ponteira devem ser ajustadas acompanhando a curva atrás das orelhas, com uma curva de +/- 45o, de maneira que a armação fique presa ao rosto, sem fazer pressão, para que os óculos não escorreguem sobre o nariz, aumentando a distância vértice e tirando o centro óptico das lentes do centro da pupila.

Para os óculos multifocais, os pré-ajustes devem ser bem rigorosos.

Quais são as etapas que os óculos passam até chegar prontos às mãos dos pacientes?

  1. Escolha e ajuste da armação;
  2. Escolha da lente em função da ametropia e o estilo de vida do paciente. Conforme o caso, as lentes não são encontradas prontas e é preciso que se fabrique essas lentes pelo processo de surfaçagem;
  3. Tirada de medidas: DNP e altura da pupila em relação à armação esta última somente nos multifocais;
  4. No laboratório, as lentes são cortadas e lapidadas de acordo com a armação. Esta operação pode ser feita manualmente ou nas facetadoras automáticas; depois de lapidadas as lentes são montadas nas armações;
  5. Conferência das medidas;
  6. Ajuste final.

Quais são os cuidados que se deve ter com os óculos?

  1. Os óculos precisam estar sempre ajustados para que cumpram sua principal função, que é de corrigir os vícios de refração proporcionando uma melhor visão; por isso, o usuário de óculos deve, de tempos em tempos, ir até a ótica para fazer o reajuste;
  2. Os óculos devem estar sempre limpos; recomenda-se que sejam sempre lavados;
  3. Os óculos, quando não estão sendo usados, devem ser guardados em seus estojos;
  4. Os óculos nunca devem ser apoiados com as lentes para baixo para que estas não sofram abrasão e fiquem riscadas.

Por: Ronaldo Gonçalves Paes

Aviso Importante: Essas são informações genéricas sobre lentes de óculos, não constituindo nenhum tipo de indicação de uso . Visite o seu oftalmologista para saber quais são as suas reais necessidades do uso de óculos e qual tipo de óculos se adapta ao seu estilo de vida.

Esse informativo foi baseado no informativo ?Conheça lentes de contato?, da SOBLEC- Sociedade Brasileira de Lentes de Contato e Córnea.

ÓCULOS INFANTIS

ARMAÇÕES

As armações infantis devem ser resistentes ao impacto, leves, confortáveis, sem que estejam soltas no rosto e nem apertadas no nariz ou atrás da orelha. O material mais utilizado para armações infantis é o policarbonato, pois preenche os requisitos mencionados.

Para crianças menores, o ideal seria as de hastes presas na orelha, permitindo que a criança faça todos os movimentos sem medo de cair a armação.

Para aquelas portadoras de astigmatismo, evitar armações redondas, que permite que a lente gire na própria armação.

Os pais devem sempre verificar as condições da armação no rosto da criança, pois com o crescimento pode torna-se pequenas e inadequadas. A auxiliar pode ajudar os pais, analisando se a armação está muito grande ou muito pequena para o rosto da criança.

LENTES

As lentes dos óculos das crianças devem ser leves, resistentes ao impacto, finas, sem distorções ou aberrações e que projetam conta os raios ultravioletas A e B. Por isso, as mais indicadas são as lentes de policarbonato. As lentes CR-39 de resina rígida chegam a ser resistente ao impacto, são mais baratas que as de policarbonato, mas riscam com facilidade.

Recomenda-se, cada vez mais, o uso de lentes com proteção UVA e UVB, quando da exposição prolongada ao sol. Hoje, sabe-se que 80% da exposição aos raios ultravioleta A e B ocorre até os 18 anos de idade, portanto é fundamental proteger os olhos das crianças.

Para a criança que não usa correção óptica, o melhor é usar lentes escuras com proteção UVA e UVB, que além de protegerem dos raios do sol, também diminuem a fotofobia.

É importante saber que as lentes dos óculos infantis devem ser trocadas quando muito arranhadas, pois a criança não conseguirá enxergar corretamente.

ALGUMAS
  1. Guardar os óculos em estojo e levá-lo para a escola;
  2. Evitar apoiar os óculos com as lentes para baixo, pois criam riscos;
  3. Avisar aos professores da necessidade do uso dos óculos, quer em tempo integral, quer só em esforços visuais;
  4. Evitar deixar os óculos em sofás, camas...(alguém, algum dia, sentará sobre eles!);
  5. Lavar as lentes com água e sabão e secá-las com lenço de papel, toalha macia, ou pano especial fornecido pela óptica;
  6. 6- Sempre levar os óculos novos para conferência;
Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011